sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Falando em mudanças...

<---Passando a coroa para Amanda

A mudança mais drastica em me tornar avó, foi passar de rainha a babá, ou seja, passar do banco da frente para o banco de trás.
Sempre me sentei ao lado do motorista ou no lugar dele. Eu e Beto - revezando no volante - e Amanda e Lucas, atrás. Confesso que me sentia poderosa (?) no volante, no controle (nem sempre). Banco da frente, um lugar de destaque. Olhar para tras e falar "chegamos", "vamos", "estão com fome?", "tá muito vento?", "tá indo ventinho aí?".
Agora é "fecha o vidro, que tá frio", "vai mais devagar", "vai demorar pra chegar?" "calma, Lala", "coitadinha, tá calor, né?".
Mudar de "a mãe de" para "a avó de" não foi muito traumatica, ocorreu naturalmente.
Mudar o horario de dormir e acordar foi mais dificil.
Tudo bem, mudar é preciso. As crianças crescem um dia. E a gente envelhece.
Espelhos são nossos melhores amigos, mentem quando a gente quer e quando está de mau humor, não tem dó nem piedade, fala na cara o quanto a gente está acabada.
Pelo menos, tenho uma desculpa MARAVILHOSA para as ruguinhas. Só dizer "SOU AVÓ".

Nenhum comentário:

Postar um comentário