sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Eu não gosto, mas japones adora

Esse video, peguei emprestado do blog do Paulo Coelho.

 A paixão nacional dos japoneses.
Bem... os japoneses tambem gostam de carro e tecnologia, então na verdade, não sei em que posição se encaixa.


Minha Paixão


Pra sentir saudade do frio que ta indo embora

O que mais senti falta, no tempo em que estive no Brasil, curtindo a chegada da Laís, foi da bendita Coca-Cola.
Em 2008, quando chegamos ao Japão pela milesima vez, com a familia & cia, no primeiro jantar, comemos arroz com carne moida (não me lembro se era carne moida ou  feijoada de lata) em panelas e frigideiras que trouxera do Brasil, os talheres tambem vieram (da outra vez, gastei uma fortuna equipando a cozinha; num outro post, passo as dicas para isso não acontecer). Compramos copos plasticos e......Coca-Cola!
Foi muito engraçado ver todo mundo com uma panelinha e um copo de Coca. Eu disse "não tem prato, mas a Coca não pode faltar". Registramos esse momento com fotos e muitas risadas (pena que não sei onde estão as fotos, vou tentar achar).
Em 2000, a Coca-Cola de 1500 ml custava Y168 ienes, mas já encontramos por Y158 ienes. Em 2008, custava o mesmo valor. Semana passada, fevereiro de 2011, estava..... Y168 ienes.
Hoje, no almoço, comentei com o Lucas que a unica coisa que é universal, sem alteração de sabor e embalagem é a Coca-Cola. Voce conhece algum outro? Cigarro (eca!) não vale.
No yakin (turno da noite), durante o kyuukei (intervalo), às 5 da manhã, eu tomava Coca. De manhã, acordava e tomava Coca. Antes de dormir, tomava Coca. Não sei como não fiquei da cor dela.
Natchan! laranja
http://www.flickr.com/photos/dinnininha/
Um dia, decidi me curar. Coca-Cola só no restaurante e no fim de semana. Passei a tomar natchan! (marca de suco) durante a semana.
No Brasil, Amanda cortou o refrigerante por causa da gravidez. Eu tinha dó de tomar e ela ficar olhando. Aproveitava e bebia refrigerante na casa dos parentes.
Na noite que cheguei aqui, o Beto tirou da geladeira um LINDA, DELICIOSA, GELADA E SAUDOSA COCA-COLA. Balançava a guarrafa e dizia "comprei pra voce". Mentiroso! Ele é tão viciado quanto eu. O Lucas, graças à Deus, prefere chá.

Aqui, a Renata Lima escreveu porque a Coca-Cola é A Coca-Cola. Não deixe de ler, é muito legal, uma viagem no tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário