quinta-feira, 17 de março de 2011

E na escuridão, eis que surge a luz



Fogo de Artifício

Você já se sentiu
Como um saco plástico
Flutuando pelo vento
Querendo começar de novo?

Você já se sentiu,
Com um papel bem fino
Como um castelo de cartas
A um sopro de desmoronar?

Você já se sentiu
Como se estivesse enterrado ao fundo
Gritando sob seis palmos
Mas ninguém parece ouvir nada?

Você sabe que ainda
Há uma chance para você?
Porque há uma faísca em você

Você só tem
Que acendê-la
E deixá-la brilhar
Apenas domine a noite
Como no dia da independência

Porque baby, você é um fogo de artifício
Vá em frente, mostre o que você vale
Faça-os fazer “Ah, ah, ah!”
Enquanto você é atirado pelo céu “Ah, ah!”

Baby, você é um fogo de artifício
Vamos, deixe suas cores explodirem
Faça-os fazer “Ah, ah, ah!”
Você vai deixá-los dizendo “awe, awe, awe”

Você não tem que se sentir
como um desperdício de espaço
Você é original,
não pode ser substituído

Se você soubesse
o que o futuro guarda
Depois de um furacão
vem um arco-íris

Talvez a razão pela qual
todas as portas estejam fechadas
É que você possa abrir uma que te leve
para a estrada perfeita

Como um relâmpago,
seu coração vai brilhar
E quando chegar a hora, você saberá

Você só tem que
acender a luz
E deixá-la brilhar
Apenas domine a noite
Como o dia da independência

Porque baby, você é um fogo de artifício
Vá em frente, mostre o que você vale
Faça-os fazer “Ah, ah, ah!”
Enquanto você é atirado pelo céu “Ah, ah!”

Baby, você é um fogo de artifício
Vamos, deixe suas cores explodirem
Faça-os fazer “Ah, ah, ah!”
Você vai deixá-los dizendo “awe, awe, awe”

Boom, boom, boom
Mais brilhante que a lua, lua, lua
Sempre esteve dentro de você, você, você
E agora é hora de deixá-lo sair

Porque baby, você é um fogo de artifício
Vá em frente, mostre o que você vale
Faça-os fazer “Ah, ah, ah!”
Enquanto você é atirado pelo céu “Ah, ah!”

Baby, você é um fogo de artifício
Vamos, deixe suas cores explodirem
Faça-os fazer “Ah, ah, ah!”
Você vai deixá-los dizendo “awe, awe, awe”

Boom, boom, boom
Mais brilhante que a lua, lua, lua
Boom, boom, boom
Mais brilhante que a lua, lua, lua


Talvez seja influencia do meu signo - Sagitario - ou talvez eu seja uma fenix, não sei...mas tenho o poder de renascer, não deixando o pessimismo tomar conta dos meus pensamentos.
Acredito que ser otimista não é tentar mascarar a realidade, encobrir as dificuldades. Para mim, o otimismo não me deixa esmorecer, me dá forças para ter paciencia e perseverança.
Claro que eu choro, faço dramas horrendos, tenho vontade de não sair da cama, de jogar tudo para o alto, de quebrar a casa inteira. 
Meus fogos de artificios são ambiguos .
Quando estou furiosa, esses fogos se explodem espalhando faiscas machucando as pessoas que estão ao meu redor. 
Essas explosões duram um minuto, o mesmo tempo que se leva para um fogo de artificio atingir o ar e se abrir em mil cores.
Um minuto para se fazer um inimigo ou magoar um amigo. Um minuto para corrigir um erro e tentar resgatar uma palavra proferida.
Mas quando estou feliz, suas luzes descem pelo céu em cascatas de mil cores, formando flores.
Essas luzes demoram a desaparecer e são vistas de longe, trazem calor e um sorriso, às vezes largo, às vezes timido.
Fico pensando...
Para magoar, basta uma palavra. Para ficar triste, basta uma perda. Para chorar, basta um aperto no peito. Tudo rapido e devastador.
Mas para se conquistar uma vitoria, um amigo, um amor, demora tanto, às vezes, leva a vida toda.
Uma vez, disse aqui, que tinha borboletas no estomago, mas corrijo: tenho fogos de artificio dentro do estomago.
Tenho vontade de correr gritando de alegria, de dançar, de abraçar o mundo!
Tenho vontade de acolher, proteger, amar todas as pessoas.
O fogo que trago preso dentro de mim, sai aos poucos, soltando algumas fagulhas...
Eu queria abrir o peito e deixar essas luzes e cores e esse calor sair numa explosão e arder em chamas como uma fenix renascendo.
Talvez isso não aconteça por eu não estar em estado de cinzas, meu otimismo não me deixa morrer, faz com que eu tenha a certeza de que tudo vai dar certo, no final. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário