domingo, 7 de agosto de 2011

Teru teru bozu, Ashita tenki ni shite o-kure

Vou ser bem direta: Não gosto do calor!
E isso é bem contraditorio, porque sou muito friorenta... Pode estar fazendo um calor de 40ºC e durmo coberta. Em qualquer epoca do ano, tomo banho quente porque não suporto banho frio, saio tremendo do chuveiro e A-M-O café fumegante. Todas as vezes que vou ao supermercado, reclamo do ar refrigerado. Levantar cedo no inverno? Uma tortura!
Mesmo assim, não gosto da sensação do calor. Suor escorrendo pelo corpo, roupa grudando, moleza, sono, desanimo...
Não é que eu prefira o frio, mas... calor demais, é um sofrimento para mim.
Gosto mesmo é da chuva. Chuva de verão é linda! Dias chuvosos são tão romanticos... Adoro o cheiro da terra molhada, apesar da minha rinite alergica (a ponta do meu nariz fica coçando), as arvores ficam mais verdinhas e as flores ganham viço.
Concordo que dias chuvosos trazem alguns inconvenientes, tais como, não poder lavar roupa, o piso do carro ficar todo molhado quando entramos com o guarda chuva pingando, o cabelo fica parecendo que a vaca lambeu.
Como o calor está insuportavel, acho que vou fazer varios teru teru bozu.
Encontrei um blog muito legal, o da Lilian, que explica direitinho o que é um teru teru bozu. Vou transcrever alguns trechos, mas recomendo que leiam o post na integra.


Teru Teru Bozu (てるてる坊主, significa Monge budista careca") são bonecos feitos de papel ou pano feitos a mão. Os fazendeiros do Japão começaram a prende-los na janela como amuleto.

O amuleto supostamente tem poderes mágicos para trazer bom tempo e prevenir ou parar os dias de chuva. Teru Teru Bozu ficaram populares durante o Período Edo pelas camadas urbanas, em que as crianças faziam um dia antes do dia em que queria bom tempo.
A tradição do teru teru bozu é oriunda da China. 

Conta uma lenda que existiu uma menina/deusa chamada So-Chin-Nyan [掃晴嬢 

サオチンニャン] que com as suas vassouras, varria as nuvens do céu, presenteando o povo com belos dias ensolarados. 
Os chineses então, passaram a fazer bonecas com papel branco, roupas vermelhas e pequenas vassouras de palha para pendurá-las na janela, desejando um céu mais limpo.



A figura da menina foi substituída por uma bolinha coberta por tecido ou pedaço de papel.





Se o desejo é o oposto, basta pendurar bonequinhos negros ou de cabeça para baixo.
Será que as pessoas irão brigar comigo se eu pendurar varios bonequinhos pra chamar um pouco de chuva?
Pra falar a verdade, eu ficaria com medo de ver esses bonequinhos pendurados na minha janela. O jeito é aguentar mais um pouco esse calor.

2 comentários:

  1. Que bonitnho, não conhecia! Eu também detesto calor...e olha que sou carioca hein! Gosto mesmo é de frio, sem chuva..só o frio. Também tenho rinite, só que o meu nariz coça lá dentro rsrs dai me lasco a espirrar com cheiro de chuva!
    Bjs
    Diana

    ResponderExcluir
  2. Ai, Diana... o meu nariz coça a ponta. É tão estranho isso. Quando começa a chover (só no verão), a ponta do nariz coça tanto que dá até desespero

    ResponderExcluir