sábado, 9 de junho de 2012

# Meta 1 - Golden Week

O Golden Week (Semana Dourada) é a junção de quatro feriados nacionais, que vai do final de abril ao início de maio.
Os feriados que compõem o Golden Week são:

  • 29 de abril - Midori no Hi (Dia Verde). Neste dia comemora-se o aniversário do imperador Showa. Chama-se Dia Verde porque o imperador apreciava muito a natureza;
  • 3 de maio - Kinen de Kenpo (Dia da Constituição), desde 1947;
  • 4 de maio - Kokumin no Kyujitsu (Entre o Dia). Foi crado para que a Golden Week se tornasse uma semana de feriados contínuos;
  • 5 de maio - Kodomo no Hi (Dia das Crianças) ou Tango no Sekku (Dia dos Meninos).
O meu feriado foi do dia 28 de abril até 06 de maio.

Destino > Gunma ken


Antes de contar como foi nosso feriado em Gunma, vou contar por que fomos para lá e para isso, tenho que voltar 42 anos atrás (!).
Tia Yoshiko e Amanda
Meu tio Mi (nascido Toshimitsu e registrado Yoshimitsu, graças a um escrivão que entendeu errado a pronúncia) mora em Gunma com minha tia, irmã dele.
Quando nasci, ele ainda era adolescente e ao atravessar uma rua, me empurrando num carrinho de bebê, o deixou virar. Não contaram se me machuquei, mas acho que chacoalhou meu cérebro, acho que por isso sou meio da pá virada às vezes, hahahahahaha.
Tio Mi e Lucas
Ele ensinou a mim e a meus irmãos e primos, como fazer e empinar pipas; rodar pião; jogar xadrez, trilha, damas, resta um; jogar caxeta, pif paf, buraco, canastra, rouba monte, índio, burro; era nosso conselheiro e companheiro, mas era TIO também, severo mas complacente, brincalhão mas puxava a orelha quando precisava.
Me lembro de que foi ele quem contou que nossa cachorrinha Bolinha tinha morrido e que tinha sido enterrada num terreno perto da casa dele.



Esta foto foi tirada para ser enviada para nós...

Tio com Diana
Ele adora plantas e cachorros! 
Quando Amanda nasceu, ela se tornou a xodó dele. Só ele conseguia fazer ela dormir, andando com ela pelo quintal cantando. Quando o Lucas nasceu, ele estava aqui no Japão e só o conheceu meses depois.
Plantas (atrás, minha mãe)
Beto e eu decidimos vir ao Japão e ele se tornou a referência masculina para o Lucas e eu não poderia querer outra melhor!
Fazia tempo que queríamos visitá-los, pra matar a saudade e porque o Beto queria viajar, pegar a estrada, conhecer outras províncias. Sempre acontecia alguma coisa e nunca dava certo.
Este ano, colocamos o pé na estrada e bora pra Gunma.


Preparativos para a Viagem


Incrivelmente, saímos quase na hora combinada. Eu digo quase, porque TODAS as vezes em que marcamos um horário pra sair, SEMPRE atrasamos pelo menos 1 hora!
Pela quantidade de malas e pacotes, parecia que a viagem duraria o feriado todo.







A Viagem



Pelo navegador do iPad, a viagem duraria mais ou menos 5 horas. 
Entre paradas e perdidas, durou 10 Horas!!





Abaixo, flashs aleatórios da viagem.










































O Hotel



O meu tio fez reservas num hotel, pois o apartamento deles é pequeno e não iria caber todo mundo.
O Hotel era muito bonito e sinistro, como todo hotel. 










Fiquei com medo de tomar banho! Tinha que entrar dentro da banheira pra tomar banho de ducha e tinha que fechar a cortina pra não espirrar água pelo banheiro todo. Lembrei de TODOS os filmes de terror que tinham cenas de alguém tomando banho. Fiquei esperando aparecer uma mão e puxar a cortina, empunhando uma faca. Nunca assisti o filme do Hitchcock - Psicose, mas sei que a cena clássica desse filme, acontece no chuveiro.

 Micos da Família Dias
  • Nós íamos sair pra jantar e enquanto eu tomava banho (de novo!), Beto testava a chave do quarto, tentando fechar por fora (não sei por que fazia isso) e não estava conseguindo. Ele e o Lucas viravam e reviravam a chave e nada. "Pronto! Quebraram a chave", pensei, de dentro do banheiro. Saí e tentei. Nada. O jeito foi ligar na recepção. Solução: Ao sair, empurre o botão que trava a porta e feche a porta. Ela fecha automaticamente. HAHAHAHAHA Em casa, as travas são assim, por que as do hotel seriam diferente? Quando passamos pela recepção, a mulher perguntou se tínhamos conseguido. Vergonha...
  • O hotel servia café da manhã, almoço e jantar. Como somos caipiras, não entramos no restaurante do hotel. Quando entramos no quarto, falei que queria tomar café, almoçar ou jantar lá. Como sairíamos para almoçar e jantar com os tios, decidimos tomar café da manhã. Na manhã da nossa partida, ficamos enrolando e quando liguei na recepção pra saber a que horas o café seria servido, o homem informou que o horário já tinha acabado. Sentimento de frustração...
  • Na última noite, fui ligar o notebook na tomada e esbarrei na garrafa térmica, que estava na mesa. A água se esparramou pelo carpete, molhando roupas, chinelo e cabos. Eu entrei em choque vendo a água se espalhar e molhar os cabos do notebook e as coisas que estavam no chão. O Lucas pulou da cama e falou "AAFFF MÃE!". Ainda bem que tenho dois homens heróis vivendo comigo. Pequei as toalhas do banheiro e tentei secar o carpete. O Lucas ligou o secador de cabelos - do hotel, e ficou secando o carpete. Depois que o Beto saiu do banho, terminou de secar. Eu fiquei sentada na cama, me batendo pra não chorar.


Reencontro


Bom, nem preciso falar que reencontrar o Tio Mi e a Tia Yoshiko foi bom demais!
Vou deixar as fotos falarem por mim.





Além das fotos, fizemos vários vídeos - nosso Diário de Viagem, mas essa exibição ficará restrita à nossa família, desculpem. 


Meta cumprida!


terça-feira, 5 de junho de 2012

Mini album de fotos - passo a passo

Aprendi a fazer este mini album com a Tininha e a partir disso, nunca mais joguei CD fora.
O legal é que você pode usar como mini album de fotos, agenda, diário pessoal, de viagem ou tudo junto.
Vamos aprender?

Capa do mini album




#1 - Carimbos
#2 - Fita dupla face, fita banana, cola em bastão, cola bonder, micro adesivos
#3 - Adesivos
#4 - Botões, miçangas, "penduricalhos"
#5 - CDs
#6 - Fitas, linha para bordar, papéis para scrapbook, embalagens de bombom
#7 - Tesoura para papel, tesoura para cortar a fita dupla face/banana, compasso, estilete, furador, regua, alicate de ilhós, argola para unir a capa e páginas

#1 - Faça um furo em cada CD utilizando um furador . Este furador é usado normalmente para abrir casa de botão.  Esquente o furador na chama de uma vela ou isqueiro e faça os furos do mesmo tamanho.
#2 - Para furar a página interna, utilize os CDs como guia. Não é necessário esquentar o furador.
#3 - Use o CD como molde para cortar o papel que será usado como capa. Para o centro do CD, use um compasso para medir.
#4 - Disponha os adesivos, fitas e botões sobre a capa para definir o lugar a ser aplicado. Cole fita dupla face no CD e aplique a capa e os adereços.

#1 - Capa do mini album
#2 - Capa interna do mini album. CD original para escrever mensagem com caneta própria
#3 - Contracapa do mini album, com os créditos
#4, #5 e #6 - Folhas para colagem das fotos, mensagens, diario de viagem, etc
Presente pronto e embalado!
Acompanha um cartão e instruções de como usar e preservar, pois como é feito de forma artesanal, requer alguns cuidados especiais.